Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Como vai?
 
Como posso eu dizer como vou
Se já nem mesmo sei quem sou
Como vislumbrar um amanhã
Se nem mesmo sei como estou
 
O que fazer com essa tristeza
Que se agasalhou no meu leito
Como expulsar essa incerteza
Que se abateu no meu peito
 
Como recuperar a alegria perdida
Num deserto pueril de desilusões
Se busco e não encontro uma saída
 
Como responder a quem me pergunta
Como vai? Não sei, honestamente não sei
Essa pergunta por hora não me adianta
 
_____________
Antônio Souza
 

www.antoniosouzaescritor.com

Interação dos amigos e grandes poetas:


176200-mini.jpg?v=1456593281
25/05/2019 13:57 - POETA OLAVO

"Como vai você caro poeta?
Não esquenta a cabeça não
Quem escreve bem não se inquieta
E procura logo outra emoção." 
_____________

197615-mini.jpg?v=1552089563
25/05/2019 18:51 - Francisco Luiz Mendes

Homem, rapaz, seu menino
Não fique de aperreação
Amanhã é outro dia
Levante o seu cabeção
Dê um chute nessa tristeza
Sinta-se uma fortaleza
E aquiete seu coração.// -
_____________

102203-mini.jpg?v=1535141820
15/06/2019 18:05 - marciusantos

Não produz pérola a ostra feliz
É preciso um bocado de tristeza
Como o samba do poetinha diz
Pra fazer poesia com tanta beleza 

_____________
António Souza
Enviado por António Souza em 25/05/2019
Alterado em 16/06/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Antônio Souza - www.antoniosouzaescritor.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras